O que eu gostaria de ser #1

Há um tempo atrás, navegando em um dos meus sites preferidos de casamento, o Constance Zahn (preferido porque tem de tudo mesmo e sempre coisas criativas! Desde convite a lembrancinhas), encontrei um post falando sobre uma “nova profissão” que eu adorei e não acharia ruim ser não… Fotógrafa de lua de mel! hahah No início pode soar estranho, mas existe uma empresa que presta esse tipo de serviço. Eles fotografam também (parte) da lua de mel e desde a época em que li eles já tem um escritório na Europa. A empresa chama-se Foco Estudio. Eles acompanham o casal durante todo o processo matrimonial ou somente nos passeios e pegam uns bons momentos, fazem umas fotos diferentes que ao meu ver, registram melhor o momento do aquela tradicional foto posada “eu estive aqui, eee!”

Convenhamos, com um ponto de vista diferenciado (uma das coisas que fazem o fotógrafo) a história fica bem mais interessante e emocionante!

Para esse tipo de serviço fica a partir de r$ 2990,00. Pra quem tem dinheiro e quer gastar com isso, acho que vale o investimento. Bem mais divertidas que as fotos que a gente cansa de ver por aí…

Na lista dos meus achados, já tem umas equipes que fotografam nessa forma mais diferenciada, buscando certos detalhes… Quem quiser ver umas fotos bacanas, estão lá! Esse estilo vem crescendo e acho isso ótimo! Sou adepta dessa vertente!

Bom, um post de “achado”, sem essa de primeiro post do ano. Já vinha com essa idéia pra compartilhar com vocês. Algo que eu gostaria de ser e que nem precisa ser fora do Brasil (ah vá… hahaha)

E uma última coisa: NÃO VAI PARAR DE CHOVER NÃO É?

Ensaio sobre a cereja.

Já virou uma tradição de fim de ano pra mim comprar um saquinho de cerejas. Fico numa felicidade só quando os vejo nas bancas da feira ou no surpermercado. Acho que já foi por elas serem um indício de férias (que por sí só engloba muita coisa boa), agora vai mais pelo lado prazeroso de ter pra mim essas frutinhas tão gostosas, lindas e elegantes. E confesso, um saquinho de cerejas a cada fim de ano com a esperança de poder comprá-las num mercadinho simpático (não necessariamente europeu) como se compra jabuticaba! hahaha

Não me lembro quando isso tudo começou, mas a partir desse ano começo a publicar o registro dessa tradição. Já fotografei uma outra vez, mas desta vez, fiz mais direitinho no pseudo-estudio-improvisado daqui de casa que é “montado” quando bate sol na área, por ali na máquina de lavar. Isso ajuda muito na hora de fotografar pra quem tem preguiça de montar um mini estudio em casa!

Desculpem as fotos gigantes do outro post. Dessa vez arrumei antes!

Pros que gostam, deliciem-se!

Pra finalizar, um super parabéns pro Gustavo, porque ele formou ontem! O Cine Theatro Central estava lindo, quente e emocionante como sempre em uma noite de colação de grau unificada!